A dubitável trajetória 

Sinto-me completamente apavorada 

A sentença de morte nos foi dada 

E diante de uma situação deplorável 

Concebo o quanto o ser humano é descartável 

Pois ainda que alguém deseje morrer 

Na verdade pensa que isso jamais irá ocorrer 

Sendo que o real almejo é parar de sofrer 

É burlesco procurarmos esquecer o inevitável  

Mesmo que a humanidade esteja sendo adormecida  

O planeta apenas nos retorna o inegável 

E assim encerro a minha despedida, incentivando o admirável que planeja reverter esta narrativa. 

Senhorita Reprimida, Brasília (DF)